Como ter boas ideias?

Se você busca uma forma simples para ter mais e melhores ideias, você precisa conhecer o exercício que vou mostrar aqui.

É bem comum termos um branco quando precisamos ter uma boa ideia. Fazer trabalhos criativos estão ligados a uma mistura de magia com sorte.

Será que é isso mesmo?

Nunca me achei um cara criativo.

Muito menos alguém que tem ideias brilhantes.

Mas ultimamente tenho umas boas ideias fervilhando aqui (nada que um ano sabático não ajude … vou falar disso num post mais pra frente).

Sempre foi um sofrimento ter que pensar “assuntos para escrever” ou decidir o melhor nome para lançar um produto.

Lembro que quando estava escrevendo meu primeiro produto, fiquei meses pensando nas possibilidades. Sendo que a resposta sempre esteve bem na minha frente.

Aliás, geralmente as boas ideias estão bem na frente do nosso nariz…

Aqui está o porquê:

A melhor forma de ter boas ideias é ter muitas ideias ruins.

Escute bem: se você quer ter uma boa ideia, precisa começar a produzir muitas, muitas, muitas ideias medíocres.

Como assim?

Pense que você tá tentando pensar alguma forma de ganhar uma renda extra … mas não consegue pensar em nada.

A melhor forma de chegar em alguma ideia minimamente descente, é você pegar um papel, uma caneta e começar a escrever várias ideias. Não importa quão idiotas elas sejam. Neste primeiro momento, não precisa ser uma boa ideia.

Mais fácil você ter uma boa ideia escrevendo outras 10 ideias ruins.

Suspeito que o responsável pelo departamento de criatividade do nosso cérebro é um sujeito bem tímido. Quando ele percebe que tem um juiz na sala, ele sai correndo para se esconder e não deixa nenhuma ideia nascer.

Por isso, divida seu processo criativo em 2 etapas:

  1. Escreva todas ideias que vem na sua cabeça. Eu começo com 10 ideias. Se me parece difícil ter 10 ideias, eu escrevo 20.
  2. Daí, num segundo momento, eu dou uma olhada no que escrevi e tento buscar 1 ou 2 ideias que têm potencial.

Assim, costuma ser muito mais fácil chegar numa boa ideia ao final.

Fiquei tão viciado em fazer esta listinha de papel, que comecei a fazer lista pra absolutamente tudo.

Para escrever este post, por exemplo, tenho uma lista com trocentos assuntos que poderia falar aqui.

Até não muito tempo atrás, passava um bom tempo sofrendo até encontrar o assunto perfeito.

Com o tempo … e muitas ideias ruins depois … hoje tenho bem mais assuntos que gostaria de escrever do que tempo para escrever tudo.

É isso … próxima vez que precisar de uma boa ideia, faça uma lista de 10 ideias bem ruins. No final, vai encontrar sua boa ideia perdida lá no meio.

Geralmente a resposta tá bem na frente do nosso nariz.

Hasta la vista!

Grande abraço,

[elementor-template id="15890"]