5 habilidades que me ajudaram a conquistar mais saúde, diversão e dinheiro

Acredito que toda habilidade pode ser aprendida. Não digo que qualquer um possa se tornar um Cristiano Ronaldo jogando bola, mas que qualquer um pode treinar o bastante para se divertir com os amigos numa pelada no fim de semana.

Baseado neste contexto, resolvi fazer uma reflexão sobre as habilidades que eu sou sofrível… Não foi difícil.

Não consigo cantar, não consigo tocar nenhum instrumento musical, não sei cozinhar, não jogo bem futebol… a lista não para!

Inspirado no livro, The First 20 Hours: How to Learn Anything . . . Fast!, resolvi colocar em teste a teoria e decidi que eu queria aprender a desenhar.

Nunca tinha desenhado nada além de uns palitinhos tortos. Mas resolvi que queria aprender a fazer algumas ilustrações. É uma habilidade que me parece divertida e útil.

Durante o lançamento do meu novo livro, comecei a fazer algumas ilustrações para exemplificar alguns conceitos complexos.

Aqui está exemplo de um dos desenhos que eu fiz:

Ilustrações para o novo livro (Eduardo Santorini)

(Sim, sei que não é nenhuma obra de arte, mas posso te garantir que é bem melhor do que os rabiscos que eu fazia antes)

Empolgado com o resultado dos meus primeiros rascunhos, fui um pouco além e resolvi fazer um vídeo para meu canal do YouTube ilustrando as ideias.

Me inspirei no artigo, 6 atitudes que elas acham irresistíveis nos homens e o resultado foi este vídeo aqui.

Mais uma vez, nenhuma obra prima. Mas apesar do rascunho “desprovido de beleza”, fiquei bastante feliz de conseguir melhorar meus desenhos.

Por 2 motivos:

  1. É divertido aprender coisas novas.
  2. É útil desenvolver novas habilidades.

Baseado neste meu experimento, comecei outros desafios. As habilidades a que eu me dediquei, logo depois de aprender a fazer desenhos foram:

1. Aprender a cozinhar

Desenvolver habilidades culinárias te ajuda a manter uma dieta mais saudável.

Aprender a cozinhar não é coisa de mulher!

Comecei fazendo omeletes. Depois de alguns dias, já não queria mais olhar pra ovo. Daí comecei a fazer carne grelhada com salada, depois já estava preparando hambúrguer artesanal até que fiz minha primeira pizza.

Uma pena que eu não tenha aprendido a cozinhar antes. Esta é uma das habilidades mais úteis da vida, que muitos homens deixam de lado.

2. Aprender a falar espanhol

Falar espanhol é divertido e te coloca em contato com pessoas e culturas muito diferentes da nossa.

Depois do inglês, acho que espanhol é o segundo idioma mais importante para aprender. Por ser tão parecido com o português, nós brasileiros deixamos o espanhol de lado.

Começou como uma brincadeira, que eu fazia lições de 5 minutos por dia no Duolingo e depois fiquei tão interessado no espanhol que resolvi passar 3 meses morando em Buenos Aires.

Eu, em Puerto Madero, em Buenos Aires. Na ingrata tentativa de tirar uma foto decente pro Tinder!

Os 3 meses logo se transformaram em um ano na Argentina, com direito a um tempo na Colômbia também. Foi uma experiência incrível e descobri comidas, costumes e lugares que jamais imaginei existirem.

Quem tiver interesse em aprender, recomendo baixar o aplicativo do Duolingo no celular. É grátis, divertido e… em poucas semanas já estamos começando a destravar a língua.

3. Aprender a escrever melhor

Desenvolver uma boa comunicação escrita te ajuda a chegar mais longe na carreira.

Nunca realmente me dediquei a aprender a escrever. Embora já tenha escrito alguns livros sobre relacionamentos e tenha um blog com mais de 1 milhão de pageviews por mês, minha escrita não é exatamente meu ponto mais forte.

Até que eu resolvi me colocar um desafio: iria começar a aprender a escrever melhor.

Ler bons autores é uma das formas de se inspirar e escrever melhor … Aqui, lendo ideias do brilhante Robert Cialdini no Kindle.

Comecei a ler um monte de autor, peguei algumas referências que eu gostava e comecei a publicar alguns artigos e textos mais bem elaborados aqui no site.

Um dos meus preferidos é este: Como perder a timidez e ter mais confiança?

Este foi um artigo que eu pesquisei dezenas de autores, e queria escrever um guia diferenciado. Não ser um texto gigantesco, difícil de digerir. Mas conseguir colocar ideias e conceitos complicados de um jeito fácil.

Pelos comentários que eu recebi, fiquei bastante satisfeito com o resultado. Alguns meses depois, o resultado das horas investidas neste artigo começam a aparecer.

Hoje este artigo já aparece na primeira página do Google para a pesquisa, “como perder a timidez”. Se você buscar, deverá encontrar o artigo do Atitude.com por lá.

Além deste artigo, também publiquei: 17 estratégias para fazer amigos na vida adulta, de acordo com a ciência

4. Aprender tênis de mesa

Fazer um esporte que te dá prazer ajuda a treinar a disciplina, socializar e aliviar a rotina do dia a dia.

Jogar “ping pong” era algo que eu adorava fazer nos tempos de colégio, mas que nunca tinha aprendido a fazer direito.

Eu comprei uma boa raquete, e comecei a fazer algumas aulas…

Minha raquete de ping pong, companheira de muitos jogos!

Não tinha nenhum objetivo, além da diversão. Fiz durante 6 meses, aulas 2 vezes por semana, com o campeão mineiro, Mário Leão.

Foi uma experiência única, especialmente por aprender a me concentrar, dedicar e esquecer de todos os problemas.

Hoje não tenho mais treinado, mas de vez em quando não recuso um convite para jogar com amigos.

5. Aprender a criar uma loja virtual

Vender pela internet é uma das habilidades mais valorizadas nos tempos modernos.

Aqui fui inspirado pelo meu amigo, Caio Ferreira. Ele desenvolveu um sistema para criar loja virtual, sem estoque e com investimentos muito baixos, em apenas 21 dias.

Basicamente é um sistema que ensina encontrar parceiros na China para fornecer e entregar os produtos e, você aprende a vender através de anúncios e publicidade.

Resolvi trocar o tempo de Netflix no final do dia pelas aulas do Caio por 3 semanas e foi uma excelente escolha que eu fiz. Hoje, não tenho interesse em deixar de lado o projeto do Atitude.com e não tenho mais tempo livre para novos projetos.

Mas acho que, mesmo que eu não vá criar agora minha loja de produtos físicos para vender online, eu acredito que é uma habilidade que todos deveriam saber: como criar um negócio online.

Existem diversos cursos e treinamentos online para isso. Mas este curso do Caio é um dos que melhor mostram o passo-a-passo do funcionamento de um negócio na internet, de A a Z.


Para os próximos meses, tenho um bocado de outras habilidades que quero aprender. Uma das coisas que vou começar a fazer, com consistência, é ir à academia para malhar.

Além de alguns outros projetos que eu quero tocar e, contarei aqui em breve.

E você, quais habilidades você gostaria de desenvolver este ano?

Grande abraço,

Eduardo Santorini

—Eduardo Santorini