Por que comecei a acordar às 5h da manhã

Nos últimos tempos, estive experimentando várias coisas de produtividade. Algumas eu deixei de fazer, outras eu mantenho.

Quero compartilhar algumas coisas de produtividade pessoal, que eu acho que pode inspirar.

Talvez daqui 1 mês, ou 1 ano, eu mude alguma coisa, mas o fato é que hoje me sinto bastante produtivo com a minha rotina matinal.

Primeiro, a hora de acordar.

Este é um ponto “controverso” e eu já escutei bastante coisa. Algumas, bobagens gigantes. Outras, fazem algum sentido.

O fato é que: comecei a acordar às 4:59 da manhã (ou seja, 5h da manhã).

“Por quê, tão cedo?”

Esta é a reação que a maiora das pessoas tem quando descobre que eu acordo neste horário.

Na verdade é algo recente. Faz mais ou menos 3 meses que comecei com este hábito e continuo, firme e forte.

Já tinha visto várias pessoas (bem sucedidas) falando sobre o hábito de acordar cedo, como que isso as ajudava a manter o foco, encarar tarefas importantes cedo pela manhã.

Mas o divisor de águas para mim, foi este vídeo:

Nele, mostra por que militares de elite norte-americanos acordam tão cedo. Na verdade fala em acordar 4:30 da manhã.

Mas não é difícil acordar tão cedo? Você não fica com vontade de desligar o alarme e voltar para cama?

Bem, aqui eu mudei completamente meu mindset.

Antes, eu pensava:

“É importante dormir bem. Se eu não tiver descansado, não vou produzir nada. Se o alarme tocou, mas eu continuo com sono, é melhor eu voltar a dormir até ficar melhor disposto.”

Mas o efeito era o contrário.

Eu ficava na cama, o sono já não era tão bom, e na noite seguinte eu não conseguia dormir cedo, e no dia seguinte acordava ainda mais tarde. Enfim, uma bosta!

Hoje, eu diria que metade das vezes que o alarme me desperta às 4:59 eu tenho vontade de voltar a dormir. Mas resisto.

Eu me levanto da cama e vou para o banheiro mijar e escovar os dentes. Daí, saio caminhando pela casa escovando os dentes e já coloco água para esquentar para fazer café (é o único momento que eu sou multitarefa no dia).

Enfim, uns 15 minutos depois… seguindo este ritual “zumbi” eu me sinto melhor que nunca.

Começo a trabalhar e … mantenho foco total até por volta das 9h da manhã. Saio para uma corrida e, me sinto muito mais confiante.

Com esta nova rotina, chego às 10h da manhã tendo feito mais do que eu geralmente fazia durante todo o dia.

Sim, é difícil pra caralho na primeira semana. Mas depois de uns dias, você se acostuma e fica no piloto automático.

Grande abraço,

Eduardo Santorini

—Eduardo Santorini