4 sinais de que você é carente — e não percebe

Publicado por em


Ontem escrevi um artigo em que afirmei que as mulheres fogem dos homens carentes mais rápido que o diabo da cruz.

Dando continuidade, hoje vamos falar de carência. Como saber se você é carente?

Sabemos que pessoas carentes têm dificuldade para atrair um parceiro. Ainda pior: maioria das pessoas carentes não se dão conta de que são assim.

Com o tempo, o problema se torna ainda pior. Como não é normal para eles se relacionarem, nas raras vezes que eles encontram alguém, eles têm atitudes que sufocam o parceiro.

O comportamento de uma pessoa carente varia bastante. Mas uma coisa, todo carente tem em comum: medo de ficar sozinho.

Aqui não vou entrar nos detalhes chatos da psicologia do porquê isso acontece. Vamos direto aos sinais visíveis da carência.

1. Você sente a necessidade de sempre estar grudado com a mulher?

Quem é carente quer estar junto o tempo todo.

Ao agir assim, eles sufocam a parceira. Por um tempo, a mulher pode até gostar de receber tanta atenção. Mas com o tempo, cansa.

É apenas questão de tempo para que a garota se afaste. Por isso, dê espaço. Isso demonstra confiança no seu taco.

2. Você tem a sensação de que corre atrás da sua parceira?

Demonstrar interesse e investir no relacionamento é uma coisa. Se tornar obsessivo é outra.

A pessoa carente vai mandar mensagens o tempo todo. Vai telefonar. Sempre vai tomar iniciativa. Não pode ficar um dia “sumido”. Quando a garota desaparece por um tempo, já fica desesperado.

Este sinal não deve ser confundido com um simples interesse. Está mais próximo do desespero.

3. Você se apega rapidamente às pessoas?

Algumas pessoas passam anos sozinhas e nunca se apaixonam por ninguém. Outros, ficam empolgados apenas com um match no Tinder, sem mesmo conversar com a pessoa.

Dizem para os amigos que “foi amor à primeira vista”. Depois do primeiro encontro têm na cabeça de que esta é a escolhida.

Sempre criam expectativas prematuras. Deixam claro de que estão em busca da pessoa ideal e se apaixonam num piscar de olhos.

Uma pessoa assim é o Ted Mosby da série How I Met Your Mother. É um carente crônico.

4. Quando está sozinho, você se sente incompleto?

É uma ironia do destino … quanto melhor você estiver solteiro, mais fácil será para encontrar uma namorada.

São exatamente aquelas pessoas mais desesperadas para estar num relacionamento as que têm mais dificuldade para encontrar alguém.

Uma coisa é preferir estar num relacionamento, ter alguém bacana pra assistir Netflix debaixo do cobertor. Outra, é ter a necessidade de estar ao lado de alguém para estar feliz.

Se você já teve alguma “mulher chiclete” no seu pé, sabe do que estou falando.


Como não levar a vida como mais um Ted “Carente” Mosby?

Mulheres fogem dos homens carentes mais rápido que o diabo da cruz… (Foto: Ted Mosby na série How I Met Your Mother)

Se você consegue identificar alguma atitude de insegurança, não se desespere. Você não está sozinho. Todos já passamos por momentos em que agimos assim.

É comum nos sentirmos assim após um término ou quando encontramos alguma mulher que achamos realmente especial.

No entanto, existe uma crença fundamental dos homens seguros que você precisa ter na sua vida.

É o seguinte…

Homens confiantes sabem que, se a mulher o abandonar, eles têm diversas opções disponíveis

Pense nisso por um segundo. Como você se comportaria se soubesse que se uma mulher te abandonar, você tem uma fila de outras garotas atrás de você?

Você agiria de forma diferente?

Com certeza.

Homens que pensam assim, não são carentes.

Eles não têm medo da perda. Eles não são emocionalmente dependentes da outra pessoa. Eles não sufocam a mulher com suas inseguranças nem com seus ciúmes.

E mais, se você quer aprender formas rápidas de ser um cara irresistível, dê uma olhada no meu novo livro, Como Conquistar Uma Mulher.

Se você abrir na página 49 verá 5 atitudes essenciais para turbinar a sua confiança e chutar qualquer insegurança para escanteio.

Em resumo: não deixe a carência estragar seus relacionamentos.

Dê espaço para sua parceira, seja independente, tenha vida social, pare de implorar por atenção. Elas agradecem!

— Eduardo Santorini