6 formas simples de instantaneamente turbinar seu carisma

Publicado por em

Qualquer pessoa pode se tornar mais carismática. Para isso, basta adotar certas atitudes que deixam nossa comunicação com os outros mais agradável.

Aqui, 6 formas simples para se tornar mais carismático:

1. Ter empatia

Empatia a habilidade de se colocar no lugar do outro e entender o que ele está sentindo. Você só pode ter empatia com alguém se está completamente presente e atento ao momento.

2. Saber ouvir

Você escutar alguém não significa que de fato está prestando atenção ao que o outro está dizendo. Ou, se você começar a falar de si mesmo a todo instante dificilmente será visto como alguém carismático.

3. Manter contato visual

Quando estiver conversando com alguém, deixe todas as distrações de lado (inclusive o celular) e mantenha contato visual. Contato visual é fundamental para gerar empatia com as pessoas.

4. Ter entusiasmo

O entusiasmo é contagiante. Quando você está completamente presente no momento e faz o outro se sentir bem, será visto como alguém mais interessante, confiável, carismático. Aqui está uma das características mais difíceis de simular. Por isso, busque estar genuinamente entusiasmado com o que o outro diz.

5. Agir com confiança

Gostamos de pessoas que se comunicam com espontaneidade e confiança. Se alguma situação nos deixa desconfortável ou se estamos inseguros, as pessoas facilmente percebem que “há algo errado”. A boa notícia é que a confiança, assim como o carisma, também é uma habilidade que pode ser aprendida.

6. Mostrar as mãos

Uma dica simples de linguagem corporal, para instantaneamente gerar empatia e carisma com as pessoas, é ter as mãos à mostra. Cruzar os braços ou esconder as mãos nos bolsos inconscientemente cria uma barreira entre vocês. Por isso, tenha as mãos à mostra, em uma forma de demonstrar que você “não tem nada a esconder”.

Gostou deste artigo? Está solteiro? Quer descobrir como funciona a arte da conquista? Clique aqui e conheça meu novo livro.

Grande abraço,

Eduardo Santorini

— Eduardo Santorini