≡ Menu

Ela tem namorado, o que eu faço?

homem-careca-camisa-segurando-vela

Entre tantas gatas dando sopa por aí, você foi justamente se interessar por uma mulher que tem namorado. E agora, ela tem namorado, o que eu faço? Você fica se perguntando? Para essa resposta, existem diversas respostas, umas com maior, outras com maior risco de vida. No entanto, cabe a você fazer uma avaliação sobre o tema e concluir se vale a pena ou não se arriscar por essa gata.

Para ajudá-lo em uma situação dessas, confira algumas das atitudes que contêm menor grau de risco para a sua vida:

1. Paquerar a gata discretamente: olhar não tira pedaço, não é mesmo? Ao menos, é o que se espera, por isso, paquere a gata que tenha namorado de forma discreta, entretanto, mais ninguém precisa perceber isso, além dela mesma. Conforme a situação, você pode fazer de conta que não sabe que ela está comprometida, o que o exima da culpa em cerca de 60%. Porém, não faça a babaquice de flertar com a gata justamente quando ela estiver com o seu namorado, óbvio, senão, o grau dessa atitude é muito maior.

2. Puxar conversa: dissimule o seu interesse puxando uma conversa despretensiosa com a gata, quando ela não estiver acompanhada do seu namorado. Esses momentos servem para vocês se conhecerem melhor, como amigos, o que não vai deixar na cara o seu interesse. A qualquer momento ela pode ficar sozinha e, por isso, você pode investir desde agora, mas sem grandes pretensões.

Situações com risco moderado:

1. Chegar na gata: quando a mulher na qual você está interessado estiver desacompanhada do seu namorado, você pode aproveitar para se aproximar dela, usando a linguagem corporal e arriscando uma conquista. Se ela disser que tem namorado, você se faz de desentendido, podendo até mesmo dizer algo do tipo: “é verdade? Não estou vendo ele”.

2. Enviar mensagem: você pode enviar uma mensagem misteriosa por celular, e-mail ou rede social para a gata, ou mesmo, flores de modo anônimo. Mesmo tendo namorado, é certo que ela vai ficar curiosa a seu respeito. Você pode mandar a mensagem de forma anônima ou com um pseudônimo. Se você tem contato com ela frequentemente durante o dia, como no trabalho ou na faculdade, poderá perceber o grau de interesse nela pelas mensagens. Se for grande, você pode aos poucos dar pistas para que ela descubra quem é você.

Atitudes de alto risco

1. Fazer convite para sair: se você gosta de viver perigosamente, pode fazer um convite a ela, quando a mulher estiver sozinha. Se vocês já se conhecem, do trabalho ou da faculdade, é mais fácil de você fazer o convite e mesmo que ela diga que não pode aceitar ou que gostaria, mas tem namorado, responda a ela com a frase “tudo bem, eu não tenho ciúmes”. Aqui, o risco é grande porque se ela aceitar e o namorado souber pode ficar complicada a situação para o seu lado.

Você pode enviar uma mensagem misteriosa por celular, e-mail ou rede social para a gata, ou mesmo, flores de modo anônimo.

2. Dar em cima da gata: já a maneira mais arriscada de agir quando você está interessado em uma mulher comprometida é flertar com ela na presença do namorado. Embora altamente perigoso, você pode se dar bem se o cara dela for meio lento ou se você ao mesmo tempo que paquerar ela dissimular o flerte na frente dele.

Isso é mais fácil de ocorrer se a gata for namorada de um amigo, assim, quando ele se afastar, você deve conversar com ela mais de perto, elogiá-la e mesmo dizer que acha que fulano não a valoriza como ela merece. Altamente arriscado e uma atitude nem um pouco politicamente correta, mas se você estiver realmente afim dela não deixa de ser uma opção. Porém, tenha consciência das consequências que os seus atos podem trazer.


O poder de atrair uma mulher é uma habilidade e, como toda habilidade, pode ser aprendida. Da mesma forma que não nascemos sabendo como andar, falar ou dirigir um carro. Todas essas foram habilidades básicas que você APRENDEU quando precisou delas. Para conquistar uma mulher você precisa ativar determinados gatilhos da atração.

Acabei de publicar um novo vídeo, onde mostro como atrair uma mulher e deixá-la pronta para o beijo com apenas 15 minutos de conversa. Você verá como fazer isso, usando um gatilho da psicologia social, extremamente poderoso, mas pouco conhecido.

Veja mais…

Sobre o autor: Eduardo Santorini é coach de relacionamentos, criador do projeto Atitude.com e autor de livros e treinamentos sobre conquista. Atualmente ele é um dos maiores estudiosos dos mecanismos de atração entre homens e mulheres e seu trabalho já foi destaque nos principais veículos da mídia.