“Eu só saí pra dançar” — Por que as mulheres nos dizem o oposto do que realmente querem?

Eduardo Santorini

Publicado por


O que as mulheres dizem que querem e o que elas de fato acabam fazendo, são coisas completamente diferentes.

Pegue o exemplo da minha amiga. Ela havia terminado um relacionamento recentemente e me disse que queria passar um tempo solteira.

Ela me confessou que, depois de anos de namoro, precisava de tempo para ela, para viajar sozinha e aproveitar a liberdade da solteirice. Para minha surpresa, poucos dias depois de conversarmos, ela emplacou um novo namoro.

Se você perguntar para uma garota o que ela busca num homem, você começará a ouvir uma lista interminável de atributos que ela diz “essenciais num pretendente”.

Mas, ao final da noite, é a mesma mulher que volta para casa com um cara que não tinha nada daquilo que estava na listinha inicial de exigências.

É comum elas dizerem: “Eu quero um cara legal, educado, atento. Alguém que me trate bem e me leve para bons encontros.” Mas é ainda mais comum vermos mulheres se envolvendo com caras que são exatamente o oposto disso.

E o que isso significa?

Significa que você não deve perguntar a nenhuma mulher o que elas buscam num homem. Ao invés de perguntar, observe o comportamento delas, porque elas não têm muito controle quando estão atraídas por alguém.

A atração não é uma decisão lógica

Ela não conseguirá resistir a um homem que desperte atração nela. E esse desejo é tão forte que ela se esquecerá de toda aquela longa lista de pré-requisitos que ela tinha feito no início.

Por isso, jamais peça conselhos a uma mulher do que fazer para pegar outras mulheres. Na verdade elas não sabem – ou não querem admitir – o que realmente pensam.

Mulheres dizem: “Eu só saí para dançar com minhas amigas. Eu não gosto de ser abordada pelos caras. Eles deveriam me deixar em paz. Não quero conhecer ninguém.”

Então um cara confiante puxa assunto com ela e pouco tempo depois eles estão juntos.

Indo além, que criatura passa horas escolhendo a roupa, arrumando cabelo, colocando maquiagem para apenas dançar com as amigas? Dançar deveria ser mais fácil que isso.

Mulheres parecem não fazer muito sentido para nós, homens. Maioria delas diz exatamente o oposto do que elas realmente buscam. Assim, uma garota te dando um conselho sobre relacionamento é apenas uma tradução para “blah, blah, blah…”

É inútil.

Se um cara pergunta para uma mulher o que ele deve fazer para a garota gostar dele, a resposta não deverá ser muito diferente disto:

“Apenas seja você mesmo. Seja um cara legal com ela. Conheça ela um pouco mais. Seja paciente com ela. Compre alguma coisa pra ela. Compre flores. Isso, compre flores e escreva uma mensagem romântica.”

Quando entendemos como funciona a química sexual, percebemos que todos esses conselhos são besteira. O camarada que se comporta como um sujeito sensível e bonzinho jamais sairá da friendzone.

A mulher não terá qualquer tipo de atração sexual por ele.

Ela gosta dele como pessoa, ela o aprecia como amigo e ela pode até ser simpática com ele. Ainda assim, ela não tem qualquer interesse sexual nesta relação.

Daí, quando surge um homem de atitude no caminho, ela se sente loucamente atraída. Eles se beijam e terminam juntos a noite.

Para ter o passo a passo de como ter uma conversa irresistível com uma garota, conheça meu novo livro, Como Conquistar Uma Mulher. Me agradeça depois.

O que vem depois?

Saber exatamente o que fazer para atrair e conquistar uma mulher é uma arma poderosa que todo homem deveria ter.

Ainda assim, a maioria dos homens nunca saberá exatamente o que fazer para atrair uma mulher.

É por isso que gravei este vídeo.

Você verá quais são os gatilhos da atração mais poderosos para deixar uma mulher interessada em você…

Clique aqui para assistir

Você também aprenderá a usar um gatilho da psicologia social, extremamente poderoso, mas pouco conhecido.

Isso funcionará mesmo que você seja tão tímido que fica com as orelhas queimando só de falar “oi” pra uma garota…

Ou se você já tentou se aproximar dessa pessoa antes mas as coisas não saíram como você queria…

Eu não tô falando de tentar comprar a mulher com jantares, viagens ou presentes caros.

Muito menos se trata de decorar meia dúzia de cantadas prontas nem de tentar fazer joguinhos de manipulação que, alguns por aí juram, ter o poder de hipnotizar a mulher…

Ao contrário, o que você verá no vídeo é baseado em um estudo pouco divulgado da psicologia e da observação daqueles homens que naturalmente sabem despertar atração nas mulheres.

Eduardo Santorini

— Eduardo Santorini

Continuar…