O medo de chegar numa mulher

casal-sexy-vestido-sensualizando-parede

“As mulheres esperam que o homem tenha atitude e chegue nela”. Não sei quem inventou essa regra, mas ela existe e é real. A não ser que você seja um tremendo dum boa pinta (que vai atrair instantaneamente a mulherada) você terá, sim, que tomar iniciativa.

Você pode ir para melhor festa da cidade, mas de nada valerá se não fizer a abordagem. A maioria dos caras chega no lugar, pega uma bebida e fica num canto qualquer olhando as mulheres dançarem – e alguns (outros) caras se dando bem.

Um ponto crucial para se dar bem é vencer seu medo inicial de chegar nas mulheres. A esse medo damos o nome de ansiedade de aproximação, que nada mais é do que aquele friozinho na barriga. Bem na hora em que quer conhecer aquela gata caída do céu você fica lá, paralisado. E nas raras vezes em que você consegue vencer esse medo, e chega para conversar, a ansiedade estraga todo o seu charme.

Mas por que diabos tem caras que não sentem isso e chegam em qualquer mulher, seja no trabalho, na rua, na balada ou no shopping?

Calma aí, não é bem assim! Quem disse que esses caras não sentem essa ansiedade de aproximação? Na verdade todos nós sentimos, é algo natural. No entanto, podemos controlar esse medo e abordar qualquer mulher sem que essa ansiedade e medo nos prejudique. Mas como lidar com isso?

Existem algumas ferramentas muito úteis para superar esse problema. A primeira: aborde a mulher tão rápido quanto você a vir. Não fique olhando pra ela com cara de tarado ou esperando ela ficar sozinha. E (para os que gostam de sonhar) também não perca tempo achando que é obrigação dela iniciar conversa com você. Até acontece, mas é consenso em nossa cultura que o homem tem que tomar a iniciativa – e não adianta reclamar.

Outro ponto, que poderia virar versículo bíblico (da bíblia da sedução, obviamente):

Chegarás em mil mulheres, antes de superar seu medo

Sim, a prática leva à perfeição! Se você raramente chega em mulher ou vai a festas precisará de um bocado de treino antes de se tornar um Don Juan. Não quero desanimá-lo, mas isso levará um pouco de tempo… mas quem prometeu que seria fácil?!

E não poderia esquecer: nada de consumir bebidas alcoólicas pra ficar menos inibido. Bebendo você até fica extrovertido, mas a que preço? Talvez seja o preço de não conseguir ter uma conversa decente com a mulher pretendida quando chegar nela. Portanto, supere isso de cara limpa!

Apenas um último lembrete, que pode te ajudar muito: ao abordar uma mulher tenha em mente o mantra “vamos ver se aquela mulher tem bom gosto pra ficar comigo…”.

O que vem depois?

Saber exatamente o que fazer para atrair e conquistar uma mulher é uma arma poderosa que todo homem deveria ter.

Ainda assim, a maioria dos homens nunca saberá exatamente o que fazer para atrair uma mulher.

É por isso que gravei este vídeo.

Você verá quais são os gatilhos da atração mais poderosos para deixar uma mulher interessada em você…

Clique aqui para assistir

Você também aprenderá a usar um gatilho da psicologia social, extremamente poderoso, mas pouco conhecido.

Isso funcionará mesmo que você seja tão tímido que fica com as orelhas queimando só de falar “oi” pra uma garota…

Ou se você já tentou se aproximar dessa pessoa antes mas as coisas não saíram como você queria…

Eu não tô falando de tentar comprar a mulher com jantares, viagens ou presentes caros.

Muito menos se trata de decorar meia dúzia de cantadas prontas nem de tentar fazer joguinhos de manipulação que, alguns por aí juram, ter o poder de hipnotizar a mulher…

Ao contrário, o que você verá no vídeo é baseado em um estudo pouco divulgado da psicologia e da observação daqueles homens que, naturalmente, sabem despertar atração nas mulheres.

Continuar »

— Eduardo Santorini