Se fazer de difícil te deixa mais ATRAENTE!

Ignore as leis da atração por sua conta e risco.

Estaria rico se eu ganhasse R$1 cada vez que alguém me diz que “jogo é bobagem, que é melhor ser você mesmo”.

Quando alguém diz que não gosta de “joguinhos”, está dizendo que prefere apenas continuar agindo naturalmente, como sempre fez.

Tenho um conhecido, solteiro convicto, que me disse:

— Prefiro ficar sozinho do que ter que fazer joguinho. Se eu tô a fim de ligar pra mulher, eu ligo. Se eu tô gostando dela, eu falo. Se tem algo que me incomoda, eu digo … quero encontrar alguém que seja assim sincero, como eu…

Tudo bem o que ele pensar assim. Acho que esse é o pensamento que a maioria das pessoas tem.

Infelizmente, para esse meu camarada, a conquista não está dando muito certo. Ele nunca consegue engatar um relacionamento. Já faz alguns anos que ele tá sozinho e nenhum relacionamento sobrevive depois de poucas semanas.

Ele pode até ignorar as leis da atração, fingir que elas não existem ou que estão erradas. Mas a verdade é que, os relacionamentos humanos são regidos por essas regras há milênios!

A primeira dessas leis, diz:

Se fazer de difícil te deixa mais atraente.

Todo mundo gosta do que é escasso. Ninguém valoriza o que é abundante. Falo disso neste vídeo.

Eu tava olhando passagem pra comprar durante toda a semana. Quando eu recebi um email falando que era o último dia do preço promocional, corri para comprar.

Eu tava pra contratar uma pessoa pra trabalhar comigo e a gente não tava chegando a nenhum lugar. Até que ele me diz que tava com uma outra proposta e que ia trabalhar com eles. Eu não só concordei com tudo o que ele tinha me pedido antes como ainda ofereci um adicional.

Este é o poder de se fazer de difícil!

Valorizar seu tempo.

A pergunta é: você tem se dado o valor que merece ou tem ignorado as leis da atração?

Assista a este vídeo para ver as 3 leis milenares da atração, que regem os relacionamentos modernos.

Ignore por sua própria conta e risco.